quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Life...

O tempo passou... Tudo mudou... Meus pensamentos mudaram, minha vida mudou, coisas boas aconteceram. Agora nada mais é como antes, problemas surgiram, coisas ruins também aconteceram. Me sinto perdida no meio da multidão... Me sinto perdida com meus pensamentos e meu coração. Mas uma coisa eu sei, vou sorrir, porque se eu for parar pra pensar, sempre terei mais motivos pra sorrir do que pra chorar. Pelo simples fato de existir, eu ja me sinto feliz, e ter uma família e amigos incríveis ao meu lado. Eu sorrio sim... E se a lágrima cai as vezes, eu enxugo, o sorriso é mais bonito e também bem melhor! Sorria... Não deixe problemas acabar com você, a vida não é fácil, mas também não é difícil. 

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011


Escrevi seu nome na areia da praia, o mar vai apagar. Mas também escrevi em meu coração, que nunca vai sair de lá. Eu te amo!

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Ela: Qual o tamanho do seu amor por mim? 
Ele: Acho que é do tamanho dos meus braços. 
Ela: Mas você tinha dito que era do tamanho do mundo ... 
Ele: Sim, pois quando eu te abraço, meus braços conseguem segurar o mundo. E meu mundo é você.


"Duvida da luz dos astros, de que o sol tenha calor, duvida até da verdade, mas confia em meu amor."

William Shakespeare 

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

ROMEU- Está a falar... Oh! continua, anjo resplandecente! Porque esta noite tu brilhas tão esplendorosamente sobre a minha cabeça como um alado mensageiro do Céu perante o olhar extrasiado dos mortais, que escondem a íris nas pálpebras ao inclinarem-se para o contemplar quando ele perpassa por entre as nuvens indolentes e navega no seio do ar.

sábado, 15 de janeiro de 2011

Problemas maiores que os meus,

Hoje é sábado, o dia da semana talvez o que contenha mais tédio, ou o que seja mais legal. Pra mim é um dia como todos os outros.
Se eu pudesse eu ficaria o dia todo de baixo de minhas cobertas dormindo, mas não posso, não dá pra deixar os problemas tão de lado assim.
E eu fico imaginando, e aquelas pessoas que estão no meio de enchentes, com um verdadeiro problema horrível; concerteza, aquilo é péssimo!
E tem tantas pessoas que deveriam agradecer pelo que tem, só reclamam. Parem, e pense, tem muitas pessoas por ai que queria ter o que você tem, queria estar no seu lugar.
Comparando os meus pequenos problemas, com os de essa pessoa, eu me sinto tão feliz, mas ao mesmo tempo  muito mal. Eu evito de ver o jornal por causa disso, se eu pudesse, eu ajudaria todas aquelas pessoas, pois ninguém merece tudo isso.